23.9.16

Setembro com cheirinho a Outono...



... mas entretanto, já estamos em Portugal.

Este post ficou aqui pendurado no blogue à espera de ser publicado desde o inicio de Setembro. Queria eu mostrar um pouco dos nossos dias que se enchiam aos poucos de detalhes outonais. Tínhamos saído de Minnesota e estávamos a passar os primeiros dias do mês em Wisconsin.
Apreciamos a natureza, abóboras e doçaria.

Depois, avião, e cá estamos!
Foi uma viagem e peras. Longa, cansativa e stressante. Se a minha filha mais velha era um anjo em viagens de avião, já o mesmo não posso dizer da minha bebé. Principalmente nesta fase em que ela anda de gritos e irritabilidade quando se sente 'presa'. Esta viagem foi um verdadeiro teste à nossa paciência e resistência.
Chegamos exaustos, sonos todos trocados e muita coisa para tratar.

Agora estamos cá e por cá ficaremos. Acham que somos uns doidos varridos, porque enquanto todos 'fogem' de Portugal, nós queremos voltar. A verdade é que quando saí não foi para 'fugir'. Mas como eu nunca sigo muito os padrões da 'normalidade' (nem sei bem definir o que é normal), encaramos esta nova fase com alegria e confiança e acreditamos em Portugal. Isto não é só querer acreditar nos golos que metemos em balizas de futebol! haha.

Filha mais velha voltou à sua escolinha e ficou radiante por ver os amigos que tinha feito o ano passado. Está no 1ºano e apesar de algumas barreiras linguísticas, não há nada que não se consiga e admiro muito a coragem dela!!

Portanto ficam estas imagens deste post, como uma despedida dos States. Nunca será uma despedida definitiva pois teremos que voltar com frequência, mas agora assentamos arraiais, por aqui. 

Estou super entusiasmada por estar de volta e um até já! ;)

xoxo
Jo 



6 comentários:

Lucinda Duarte disse...

Adoro o seu "diário", é bom acompanhar o vosso crescimento, a evoluçāo como seres humanos... CHUAC
!

Analog Girl disse...

Uau, que noticias entusiasmantes! espero que tudo corra bem por estes lados! :)
Welcome back!

Susana Gomes disse...

Um beijinho de boas vindas!! :D

ashley leo. disse...

Compreendo perfeitamente o que dizes da loucura de regressar. Eu ja comeco a ficar cansada de tantas viagens a casa, da distancia e da rotina maluca desta cidade e tambem ja me passou pela cabeca o regressar. Sim nao e de todo a melhor altura, mas quando sera?
Acredita que as tuas miudas um dia te irao agradecer. Nos deixamos NY quando tinha 6 anos, facilmente se ultrapassa a barreira da lingua e tive a oportunidade de crescer com o meu avos e criar memorias que ficam para sempre. Hoje agradeco aos meus pais, porque afinal de contas, ao contrario do resto da minha familia eu tenho o melhor dos dois mundos. Para mim casa sao ambos os sitios e posso andar para tras e para a frente sempre que me apetecer sem me sentir deslocada. Portugal e um optimo sitio para se crescer. :)

Sofia Ferreira disse...

Bem vida de volta!!

O meu também entrou para o 1º ano, e mesmo sem barreiras linguísticas, não deixa de ser uma prova à coragem deles!! ;)

beijinhos

ballon blanc disse...

@Lucinda
Obrigada Cinda. Isto tem sido de facto um diário destas voltas na vida. Obrigada por acompanhar e apoiar! Muitos Beijinhos

@Analog Girl
Obrigada querida! É bom estar de volta! Beijocas

@Susana Gomes
Beijocas e até breve!

@Ashley Leo
Que bom ouvir a tua história!
Isto de se estar sempre entre dois mundos às vezes é complicado. Sentimo-nos um pouco às vezes deslocadas e não pertencentes a nada.
Mas Portugal foi agora a opção, precisamente pelas miúdas! Escolhemos Portugal nesta fase pois achamos que é o melhor agora para elas. E tens razão...é tão importante crescer junto da família e apesar de tudo, Portugal é MESMO um bom país para se crescer. Elas também terão sempre as duas opções e mais tarde podem escolher.
Quanto à melhor altura, se formor a pensar, nunca é! Por isso o melhor é ir e depois adaptar-nos às circustâncias. EUA é um grande país, mas esse ritmo esgotou-nos por completo por não falar em outras estruturas para o qual não tenho paciência.
Aqui na Europa, há um outro ritmo, da qual eu já tinha tantas saudades. Ok, faz-se mais dinheiro aí, mas no final depois de se fazer as contas, não compensa assim tanto. Neste momento, família para nós é o mais importante. Desacelarar e dar lugar a novas aventuras.
Boa sorte para ti e qualquer escolha que faças com o coração, força e aproveita! Valerá sempre a pena! Beijinhos grandes.

@Sofia Ferreira!

Obrigada. Sabe bem estar de volta :)

Ai, que o coração aperta sempre quando entram em novas fases e esta é mesmo um grande salto para eles! Admiro tanto a coragem! Boa sorte nesta nova fase para vocês tambem! Beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...