11.11.15

#ballonblancbabe2


13.10.2015 | 16:20h | 4.130kg | 51cm

Tardou mas chegou. Tanto o post como ela, que veio só depois das 40 semanas.

Para supresa de muitos, que não sabiam da minha gravidez, eis que tenho um bebé. A linda gorduchita que veio juntar-se a esta família que tanto ansiava pela chegada dela.
Não divulguei a minha gravidez talvez por medo, ansiedade e nervosismo. Não foi fácil e após análise pela parte dos médicos do meu historial, esta gravidez foi considerada de risco e a precisar de mais vigilância e cuidados. Os exames indicavam tudo bem com ela mas seria bom precaver, devido ao passado.
A meio da gravidez vim para Portugal... para descansar, parar...
Tudo correu bem.

Dia 13 nasceu e tudo correu bem outra vez... até ao dia em que íamos ter alta. O pediatra detectou-lhe uma taquicardia supraventricular e antes que eu pudesse processar o que se estava a passar e porquê, já estaria ela ligada a máquinas nos cuidados intensivos.
Foi um choque, uma angústia porque nunca imaginei que algo aflitivo me pudesse acontecer outra vez.
Por ignorância, achei que tudo se pudesse resolver em 1 ou 2 dias e que logo, logo ela viria para casa. Esses dois dias transformaram-se em 16 na Neonatologia. Os planos foram trocados e o tempo passou a ter que ser vivido ao dia-a-dia, na esperança que os medicamentos pudessem controlar os episódios. Esperar...esperar... Perdi a noção do tempo.
Nenhuma anomalia estrutural lhe foi detectado no coração, o que foi um alívio enorme.

Agora está em casa bem e calma. Contudo medicação constante até fazer 6 meses, e depois o desmame até um ano.

Os primeiros dias dela e o tempo de recém-nascido foi passado assim, como mostra as fotografias. Entre fios e apitos, tirava-lhe da incubadora quando podia para lhe dar o conforto e carinho que uma mãe tanto quer e suspira por dar.

Porque assim foram os primeiros dias dela, e assim o retrato, sem folhos e pompa e circunstância. Esta minha filha veio ao mundo e começou assim, como uma guerreira.

7 comentários:

andrea disse...

welcome to the world little one... may your heart beat well and capture all that it is meant to. congrats sweet jo!

Analog Girl disse...

Continuo maravilhada com esta tua pequena, é absolutamente linda, e sim, uma guerreira. A lutar desde o início. E agora juntas, para te alegrar o dia com a mais crescida, que aposto que está a adorar o papel de irmã mais velha. :)

Alexandra disse...

Guerreira a filha e a mãe, só quem passa por episódios semelhantes poderá perceber o valor e a força necessária. Abraço grande e desejo de muita paz e amor para desfrutar dessa linda menina.

Marta Valente disse...

É linda, linda. Ainda bem que está em casa. Muitos parabéns!

Daniela S. disse...

Muitos parabens por mais uma balaozinho em casa. Espero que corra tudo bem daqui para frente. Ela 'e linda e uma grande guerreira.

Bjinho

Tanita disse...

Guerreira sim senhora! linda de morrer.

angela fernandes disse...

Só agora consegui passar aqui e ler o que se tinha passado na realidade. Tudo vai ficar bem e essa bebe é uma guerreira mesmo e vai ultrapassar este problema rapidinho. Que linda que ela é e que saudades que me dá da minha Ema assim :) beijinhos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...