31.8.15

5 ★ | Boho-Beach Party



Primeiro aniversário em Portugal. Primeiro aniversário com a família.

Estes anos nos Estados Unidos, a vivermos longe de todos, foi sempre impossível conciliar festividades com os familiares, por isso esta festinha boho-beach dela, foi mais um encontro familiar dividido em dois dias, do que propriamente uma festa à la grande, com pompa e circunstância.

Pormenores decorativos com ar menos infantil, apenas com estes apontamentos para dar um ar de sua graça. Foi reutilizado praticamente tudo que já tinha comigo por isso foi só meter os dedinhos a trabalhar para dar nova vida às coisas. O grande foco foram os macramé para decorar a parede e a porta de entrada. Festa que é boho, precisa de macramé, penas, conchas e velas...

O que importa mesmo era que ela estava feliz e desfilou o vestido que a bisavó fez especialmente para o dia dela. Ficou uma querida...

E assim foi a festa dos 5!! :))

//

First birthday in Portugal. First birthday with relatives. 

All these years living in the States far from everybody, made it hard to gather family for this day, so this time around, her boho-beach party was more of a family gathering than a over-the-top party. 

These are the decorative details with less of a childish look to it, displaying only little fun notes to make a difference. I reused almost everything that I had with me already and just gave it a new life. The big focus was the macramé on the wall and door. Boho party in it´s glory has to have macramé, feathers, shells and candles...

What really matters is that she was very happy and prancing around in her pretty dress made by her great-grandmother especially for this day. She looked like a doll...

And this is how it all went down, for her big 5!! :))

18.8.15

My spoon full of sugar...


Esta minha 'pirosa' faz 5 anos de hoje a uma semana.

5 anos desta menina que consegue ir de a uma querida, a uma fera incontrolável, em menos de nada. Tem uma energia imparável e um estar contagiante. É tímida ao início, depois ninguém a consegue agarrar após estar ambientada.
É bem disposta, e sempre pronta a pular e dançar de manhã à noite se a deixasse. Quer sempre ouvir música, de preferência bem alta e fantasiar-se para atuar. Está numa família de veia artística e é inevitável ver-lhe este dom para as artes... mas representativas. Não consigo que me sente para me fazer um desenho, mas adora 'mascarar-se' e entrar no mundo só dela.
Os gostos vão desde a princesas, a tartarugas ninja. Pediu até uma máscara e espada e perguntou se podia ir conhecer os esgotos onde eles vivem.

É uma curiosa e observadora e está no auge das descobertas e dos "porquês". Preocupa-se quando vê alguém aflito ou em dor e sofre com isso.
Vi-a chorar pela primeira vez no outro dia ao ver um filme, emocionando-se quando a personagem tentava encontrar a mãe. É um furacão sentimental.

Ser mãe é gratificante e único sem dúvida, mas põe qualquer pessoa à prova diária, a duvidarmos por vezes se estamos a fazer o papel de mãe corretamente. Se estamos a guiá-los para o bom caminho, educação, valores, princípios, maneiras...
Isto não é um blogue sobre a maternidade, apesar de a minha filha ser o grande foco desde os tempos que ainda andava pela minha barriga. Não menciono os feitos, conquistas, derrotas ou frustrações, mas uma coisa é certa, isto é uma jornada como qualquer outra mãe, e se há dias bons, também há dias maus. Não nascemos ensinados para este papel de ser mãe, mas fazemos o melhor que podemos e sabemos.

A propósito do livro que ando a ler agora para ajudar a guiar, a decifrar certos comportamentos e atitudes destas pequenas mentes explosivas e de personalidade ao rubro pela descoberta, este post não podia deixar de mencionar as palavras da autora, em que diz que pais felizes é igual a crianças felizes. 
Não nos esqueçamos disso, pois eles não são mais que uma extensão do que têm em casa e fico a torcer que tenhas sempre muita felicidade e o respeito que mereces, por esta vida fora.
E já agora, obrigada por seres uma modelo fotográfica sempre disposta a aturar as lentes da tua mãe. 

Já são quase 5 anos de ti, minha colher cheia de açúcar! ❤︎

(Imagens da brincadeira Mary Poppins. Pus-lhe batom pela primeira vez e estava feliz que só visto...)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...