7.10.11

♥ bunny

Outro dia pensamos que o nosso mundo estava perdido. Alias, o da minha filha mais em concreto mas que por sua vez, nos afecta directamente. Por mais que procuravamos o seu mais-que-tudo nao o encontravamos. Eu, ja em desespero achei que ia ser um desassosego po-la a dormir ou deixa-la no infantario sem o seu bunnyzinho. Pronto, estava tudo acabado... [pensava eu].
Eis que ele aparece, caido debaixo do banco do carro. Aleluia. 

Imagem da minha autoria para ballon blanc

Em jeito de preparo para um subsistuto para o "just in case" que o bunny desaparece de vez ou "morre" descosido, ando na net a ver se encontro outro igual pois este foi ofertado por uma tia-avo. Nada de encontrar outro igual... se bem que acho, como eh de costume, que as criancas la tem as suas manhas e nao se apegam assim do nada. Especialmente se as tentamos enganar com outro igual. 
Este coitado, ja tem a sua textura e jeito caracterisitico e acho que nao iria conseguir engana-la com outro.
Nao ha nada que a faca deixar o seu bunny (por enquanto chamamos assim, ate ela o baptizar com um nome). Eh o seu conforto, o seu embalo e o seu amiguinho. Fala com ele, arrasta-o para todo o lado e eh o seu mais-que-tudo para enfrentar o dia-a-dia na creche.

E esta eh a historia do bunny. Em tempos gloriosos, tinha um pelo brilhante, lustroso e fofinho. Digamos que esses tempos ja eram, mas quanto mais velho e cinzento para la caminha, mais ela se apega.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...